Conheça cinco hábitos que prejudicam a saúde da pele



Existe um desejo que a maioria das mulheres possui: ter uma pele sempre saudável. Sem dúvida, alcançá-lo não é algo simples, ainda mais se considerarmos que a constante exposição ao sol, a poluição e outros fatores influenciam o seu estado.

Atualmente, é muito fácil ter acesso a produtos especiais para o tratamento e a reparação da pele, porém o que poucas pessoas sabem é que grande parte dos resultados dependem de outros hábitos comuns da rotina diária. Ou seja, para ter uma pele bonita e cheia de vida, é preciso tomar alguns cuidados simples no dia a dia e eliminar práticas pouco saudáveis.

 

1 – Manter uma alimentação ruim

Ter uma dieta alimentar ruim é altamente prejudicial para o corpo e também para a pele. Alimentos ricos em gordura saturada, com muitas calorias, açúcar e sódio, fazem com que você ganhe peso e isso também acaba se manifestando na sua pele.

A acne por vezes é resultado da absorção pelo corpo dessas substâncias presentes nesses alimentos que, por serem industrializados, carecem de proteínas magras e saudáveis encontradas em verduras e frutas

2 – Não remover a maquiagem antes de ir para cama

Ir para a cama com a pele suja obstrui os poros, aumentando muito as chances de aparecer espinhas e cravos.

Se os poros estiverem entupidos com maquiagem, o tecido não consegue respirar e, portanto, não se renova nem se nutre corretamente.

Além disso, o período noturno é fundamental para o processo de renovação celular – o que fica comprometido quando você dorme maquiada.

Em médio prazo, a pele perderá a viscosidade, o brilho, e se tornará mais oleosa, assim o envelhecimento acaba sendo acelerado.

3 – Dormir mal

A falta de sono pode aumentar o estresse e cansaço, que são prejudiciais à nossa pele. É durante a noite que as células se renovam, descansam, organizam suas funções, reparam e reequilibram os estragos do dia, como efeitos de sol, vento e poluição.


Quando estamos dormindo, há a liberação de substâncias importantes para o nosso corpo. As duas principais são os hormônios do crescimento – responsáveis pelo não envelhecimento celular – e o cortisol, ativado pelo estresse e que continua funcionando sem dar uma pausa ao organismo.

A consequência direta desse desequilíbrio é a formação de radicais livres e o aparecimento de rugas precoces.

4 – Não beber água o suficiente

A água é fundamental para conservar a hidratação da pele e desempenhar muitas outras funções do corpo. A ingestão de líquidos é fundamental para manter a pele hidratada de dentro para fora, deixando-a viçosa e com brilho.

O ideal é a ingestão de sete a oito copos por dia, que vão também auxiliar na eliminação de toxinas do corpo.

5 – Não hidratar a pele

Hidratar a pele pode parecer apenas uma preocupação estética a princípio, mas na verdade é importante também para a saúde – se bem hidratada, a pele exerce sua função de proteção e evita a entrada de micro-organismos que podem causar infecções.

A falta de hidratação adequada traz como consequência o ressecamento e, depois disso, a formação de rugas precoces.

Essas rugas aparecem quando a pele perde elasticidade, força, gordura e hidratação, ou seja, as redes de fibras presentes se quebram, reduzindo o colágeno.

Há hidratantes especiais para cada tipo de pele, identifique a qual grupo pertence a sua e hidrate-a com o produto apropriado.

 



Comentar

seventeen + five =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.